INCLUDES_HEADER
Busca:
BANNER_TOP_960

Dilma anuncia planos para privatizar a infra-estrutura


Nos últimos anos, o governo do Brasil tem sido capaz de evitar escolhas difíceis de gastos. Crescimento económico mais rápido e evasão fiscal queda se traduziram em um aumento constante das receitas, permitindo ao governo federal a contratar mais trabalhadores e pagar-lhes mais, bem como para aumentar pensões e transferências sociais (ver gráfico 1).

 Mas os tempos de gordura são mais. Em 2011 o crescimento econômico foi de apenas 2,7%, o que 2% ano parece otimista. As receitas fiscais estão subindo apenas um pouco mais rápido do que a inflação. O governo não pode mais satisfazer a todos.

 Sinais ruidosos demandas vêm de trabalhadores do setor público. Os professores das universidades federais estão em greve há três meses, eles foram recentemente juntou pela Polícia Federal, funcionários fiscais e funcionários de algumas agências reguladoras. Cerca de 300 mil têm saído, quase a metade da força de trabalho federal. A polícia bloqueou estradas e trabalhou para governar em aeroportos, causando o caos viagem. Funcionários aduaneiros em greve têm bens deixados presos nos portos.Demandas dos grevistas seria inchar projeto do governo federal salário em até 50%; inflação está em 5,2%.

O presidente, Dilma Rousseff, deixou claro sua irritação. Funcionários mais federais tiveram grandes aumentos salariais desde 2003, quando Partido dos Trabalhadores (PT) chegou ao poder. Em média, os salários federais são agora cerca de o dobro buy cialis da taxa do setor privado para trabalhos equivalentes, aponta Raul Velloso, especialista em finanças públicas, em Brasília.

Dilma Rousseff tem dito que qualquer aumento salarial será reduzido ao mínimo pago, ou amarrado a produtividade e que o dinheiro público seja melhor direcionado para ajudar empresas privadas evitar demissões. Grevistas foram ameaçados com governos ancorados pagamento e estaduais autorizadas a utilizar seu próprio pessoal como cobertura. Tudo isso marca uma grande mudança: os ataques estão sendo conduzidos pela Central Única dos Trabalhadores, um poderoso grupo de sindicatos com fortes ligações com o PT.

Mesmo que o presidente ganha essa batalha de vontades, já interrompeu seus planos. Durante meses funcionários têm sido promissores novas medidas para impulsionar o crescimento, reduzindo o custo Brasil, como o custo terrível de fazer negócios no país é conhecido. Para transformar umcentavo honesto, as empresas devem lidar com as estradas horríveis, altos custos de energia, arcaicas leis trabalhistas e uma burocracia bizantina. Mas os anúncios foram adiadas como o governo reformulado suas somas de encontrar algumas migalhas para os grevistas.

O que afeta o preço do seguro de carro


A maioria das pessoas estão procurando por um preço baixo do seguro de carro. Em muitos casos, são

as escolhas que você faz sobre a cobertura que você quer que determinam o custo do seu premio de seguro automóvel.

Empresas olhar para os seguintes fatores para determinar o seu  seguro de carro:

O que você compra

  • Quantas coberturas na hora de comprar
  • As franquias

Saiba mais sobre os tipos de cobertura de seguro automóvel .

Que tipo de carro você dirige

Se você está comprando ou vendendo um carro, você terá que reavaliar suas necessidades de seguro de automóvel .

Geralmente, quanto mais caro for o carro, maior o preço de seguro automóvel.

Quando você dirige

Geralmente, devido a maiores taxas de roubo, vandalismo e acidentes, motoristas urbanos pagar um seguro de auto preço do que aqueles em pequenas cidades ou áreas rurais.

Quanto você dirige

As pessoas que usam o carro para deslocações de negócios e de longa distância normalmente pagar um prêmio mais elevado do seguro de carro do que aqueles que dirigem menos.

Sua idade, sexo e estado civil

As taxas de acidentes são maiores para todos os motoristas menores de 25 anos, do sexo masculino, especialmente jovens e homens solteiros. Os preços do seguro de carro na maioria dos estados refletir essas diferenças.

Seu registro de condução

Os motoristas que causam acidentes em geral, deve pagar prémios mais elevados do seguro de carro do que aqueles que são

livre de acidentes durante vários anos.

Sua história de crédito

Estudos têm mostrado que a história de crédito é um poderoso preditor de futuras perdas de seguros de automóveis. Muitas companhias de seguros consideram certas características de crédito, além de muitos outros fatores que determinam quando um prémio individual de seguro de carro.

O que posso fazer para economizar dinheiro no meu prémio de seguro automóvel?

Se você for comprar um carro, pense em como sua escolha afetará prémios de seguro automóvel.

Algumas seguradoras aumentar os prémios para os carros mais susceptíveis a danos ou ferimentos dos ocupantes, e as tarifas mais baixas para aqueles que se saem melhor do que o normal.

Pergunte sobre descontos de seguro de automóvel para bons alunos, garantindo mais de um veículo, sem acidentes de condução, entre outros.

 

Dicas na aquisição do seguro de carro


Seguro  de carro é caro. Você não só tem que comprar um carro, mas você também tem que tributar e segurar o seu veículo – para não mencionar a encher o tanque com gasolina. Seguro pode tirar um

pedaço grande de qualquer orçamento de condução, com os jovens condutores que pagam muito mais o que a média porque são estatisticamente mais provável para reclamar.

 Então moneysupermarket elaborou uma lista de dicas de economia de dinheiro para cortar o custo da cobertura e ajudá-lo a encontrar citações mais baratas do seguro de carro. As seguradoras dividem carros em 50 grupos de acordo com vários fatores, incluindo seu tamanho do motor eo custo provável de reparos. O maior grupo de seguros, o prémio mais elevado a. Então, se você está comprando um carro novo, vale a pena verificar a sua classificação. Você pode descobrir detalhes de grupos de seguro do carro em www.thatcham.org . E não modificar o seu carro com spoilers ou tampões de fantasia, porque muitas seguradoras irá carregar o prêmio. Para mais informações sobre este visite nossopágina de seguro de carro modificado .

Se você dirige seu carro apenas em estradas locais no fim de semana, você é estatisticamente menos provável de ser envolvido em um acidente do que alguém que viaja ao longo de uma auto-estrada movimentada todos os dias. Converse com a sua seguradora sobre seus hábitos de condução, porque uma baixa quilometragem geralmente leva a

um prémio muito reduzido. Nosso carro ferramenta de comparação de seguros dispõe de uma calculadora útil para ajudá-lo a trabalhar para fora quantos quilômetros você dirige a cada ano. Mas tenha certeza que os números são precisos, pois você pode invalidar a sua política de se violar o limite de quilometragem acordados.

Os motoristas que dirigem relativamente poucos ou estão dispostos a evitar a condução durante uma hora do rush poderia reduzir o custo dos seus prémios com como você vai pagar o seguro de carro . Com quanto você vai pagar, a seguradora vai caber um dispositivo de rastreamento ou “caixa negra” para o seu carro para monitorar seus hábitos de condução de modo que você só paga o seguro que você precisa. Pay as you go tampa pode ser particularmente útil para os jovens que muitas vezes não podem pagar um seguro padrão.

Existem três tipos de apólice de seguro automóvel: totalmente abrangente, terceiro, Fire & Theft e de Terceiros. Terceiro é o mais básico e o mínimo legal para a condução em uma estrada no Reino Unido. Cobre o segurado por qualquer dano ou prejuízo a outra pessoa ou sua propriedade. Terceiro incêndio e roubo é um passo para cima e inclui perda ou danos a seu carro, como resultado de incêndio ou roubo. Depois, há o mais comum totalmente abrangente, que oferece uma ampla gama de cobertura, incluindo danos ao seu próprio veículo, se você estiver envolvido em um acidente. Pode ser mais barato optar por um nível mais básico de cobertura – e que poderia ser uma opção sensata, se você é um jovem piloto com um carro que não vale muito. Mas você deve sempre comparar todos os tipos de políticas, porque o custo da cobertura abrangente, por vezes, se destaca bem contra o fogo partido mais limitado terceiro e roubo. Para informações mais detalhadas confira nossos guias para os diferentes tipos de apólices de seguro automóvel .

Muitas políticas abrangentes oferecer uma gama de opcionais, tais como despesas legais e carros de cortesia, mas eles têm um preço. É uma boa idéia de trabalhar para fora que, se for o caso, os benefícios adicionais que você precisa para que você não paga para cobertura desnecessária.

Muitas seguradoras oferecem descontos aos clientes que compram seu seguro on-line porque as aplicações são mais baratos para processar. Também é uma boa idéia para pagar a sua política na frente, se possível. Parcelas mensais são convenientes, mas eles são geralmente mais caros por causa da cobrança de juros e taxas de administração.

Motoristas que tornam difícil para os ladrões para roubar seu veículo muitas vezes pagar menos pelo seu seguro automóvel. Então, se encaixam no seu carro com um alarme e imobilizador aprovado. Se você tem um carro mais caro, a seguradora pode insistir que você instale um dispositivo de rastreamento sofisticado.

Mais da metade dos roubos de veículos ocorrem à noite, de modo a manter seu carro em uma garagem bem travada durante a noite. Se isso não for possível, pelo menos, tentar estacionar o carro fora da estrada, talvez em um caminho da unidade.

Passe o Driving Standards Agency Plus curso é voltado para condutores recém-formados e abrange diversos aspectos do automobilismo, incluindo noite e condução da auto-estrada. Não é gratuito, mas se você concluir o curso, você pode ganhar uma redução em seu prêmio de até 35%. Se você estiver considerando a conclusão deste curso, por favor, tirar vantagem da nossa passagem mais seguropágina. O Instituto de Motoristas Avançados também executa cursos de condução para aumentar habilidades de condução e assim reduzir a probabilidade estatística de um acidente.

Igreja católica


De todas as organizações que servem pobre da América, o trabalho de fazer alguns mais bem do que a igreja católica: suas escolas e hospitais fornecer uma tábua de salvação para milhões de pessoas. No entanto, mesmo tendo em conta estas virtudes, as finanças da Igreja Católica nos EUA são uma bagunça profana.

Os pecados envolvidos em sua contabilidade não são tão vivas ou grotesco como aqueles visor nos vários de abuso sexual casos que custam a igreja americana mais de US $ 3 bilhões até agora, mas a má gestão financeira e práticas de negócios questionáveis ​​teria visto generalizada demissões no topo de qualquer outra instituição pública.

Os escândalos de abuso sexual nos últimos 20 anos trouxeram vergonha para a Igreja em todo o mundo. Nos EUA, eles também trouxeram dificuldades financeiras. Ao estudar os documentos do tribunal em casos de falência, examinando registros públicos, solicitar os documentos de governos locais, estaduais e federais, bem como conversar com padres e bispos de forma confidencial,The Economist buscou quantificar o dano.

O quadro que emerge não é lisonjeiro. Finanças da igreja olhar mal coordenada considerando (ou talvez por causa) de sua complexidade. A gestão do dinheiro é muitas vezes desleixado. E algumas partes da igreja têm se satisfeito com ungainly contorções financeiros em alguns casos, alega-se, tanto para desviar fundos longe de utilizações pretendidas pelos doadores e para frustrar credores com reivindicações legítimas, incluindo suas próprias freiras e padres. As dioceses que a falência não pode ser típico da igreja como um todo.Mas, dada a total falta de transparência, não há maneira de saber até que ponto eles são outliers.

Milhares de pedidos de indemnização seguintes casos de abuso sexual, que normalmente custam a igreja mais de US $ 1 milhão por vítima, segundo os advogados envolvidos, levaram a uma crise de liquidez. Este parece ter incentivado uma tendência pré-existente para substituir dólares dos fiéis com a dívida pública criado como uma forma de negócios da igreja de financiamento. A igreja é também cada vez mais interessados ​​em defender seu acesso a públicos de saúde subsídios ao reivindicar o direito de não fornecer determinados serviços médicos para o qual ela objetos, tais como contracepção. Esta dependência crescente de contribuintes não tem sido acompanhado por uma maior abertura e responsabilidade. A igreja, assim como outros grupos religiosos na América, não está sujeita aos requisitos de divulgação mesmas outras entidades sem fins lucrativos ou privadas.

Pouco se sabe sobre as finanças da Igreja Católica fora da América. JPMorgan Chase recentemente fechou as contas do Banco do Vaticano sob pressão do Tesouro dos EUA.A Santa Sé também tem lutado para conseguir ser colocado em listas de jurisdições que se considere terem fortes controles anti-lavagem de dinheiro. Isso pode refletir má organização, em vez de uma tentativa concertada para esconder nada, embora documentos vazados pelo ex-mordomo do Papa Bento XVI a um jornalista italiano sugerem que a má administração no Vaticano vai além de mera negligência. Mas a América não, graças também os seus procedimentos de falência, fornece uma janela um pouco mais clara sobre as finanças da igreja. E a América é tão importante para a igreja que merece exame particular.

Apenas três países-Brasil, México e Filipinas-têm maiores populações católicas do que a América, e em nenhum lugar tem uma grande minoria católica. Quase 100 milhões de americanos, um terço da nação, foram batizados na fé e 74m identificar-se como católico. Discriminação contra a minoria católica, e uma forte liderança de Roma, encorajou os católicos norte-americanos para criar uma espécie de sociedade paralela nos

séculos 19 e 20, com o resultado que já há mais de 6.800 escolas católicas (5% do total nacional); 630 hospitais (11%), além de um número similar de pequenas instalações de saúde, e 244 faculdades e universidades. Muitas dessas instituições são conhecidos por excelência: sete das principais 25 tempo parcial de programas da escola de direito na América são católicos (cinco são executados pelos jesuítas). Um quarto dos 100 mais bem classificados hospitais são católicos. Todas estas instituições estão sujeitas à supervisão de um bispo ou uma ordem religiosa.

The Economist estima que a despesa anual

da igreja e entidades de propriedade da igreja foi cerca de US $ 170 bilhões em 2010 (a igreja não liberar tais figuras). Achamos que 57% deste vai em redes de cuidados de saúde, seguidos por 28% em faculdades, com paroquial e diocesana dia-a-dia de contabilidade de operações para apenas 6% e nacionais atividades beneficentes apenas 2,7% (ver gráfico). No total, as instituições católicas empregam mais de 1 milhão de pessoas, avalia Fred Gluck, um antigo sócio da McKinsey e co-fundador da Liderança Mesa Redonda Nacional sobre Gestão de Igreja, um leigo organização que busca melhorar a forma como a igreja é executado. Para fins de comparação secular, em 2010, a receita da General Electric foi de US $ 150 bilhões e cerca de 2m Walmart empregada pessoas.

Dicas para escolher uma corretora de seguros


Infelizmente, a importância de escolher o corretor de seguros direito é geralmente subestimada, na verdade, uma grande parte do tempo o corretor não é escolhido em tudo, eles são simplesmente empregada por padrão para ter o mais barato, política ou a política com

a mais longa lista de recursos desnecessários.

No entanto, como qualquer pessoa com um corretor grande vai lhe dizer, vale a pena fazer um pouco de casa na frente quando você está procurando alguém para proteger o que é mais importante para você, porque deixá-lo ao acaso pode acabar custando-lhe muito mais do que o tempo .

O seguinte é uma lista de dicas e informações para ajudá-lo a encontrar um corretor de seguros da qualidade:

1. Escolha um corretor de seguros de uma empresa respeitável de corretagem de seguros que atende todos os requisitos ASIC

Todos os corretores são obrigados a ser licenciada pela Australian Securities do Governo Federal e da Comissão Investimentos (ASIC). A maioria dos corretores irá exibir os seus números de licença em seus sites e outros documentos, se o seu número de licença não for exibido – solicitá-la. Corretores de seguros licenciados são regulados pela ASIC e deve cumprir com os requisitos do licenciamento Serviços Financeiros da Austrália. Eles também são obrigados a participar de um regime aprovado Governo do consumidor ao tratamento de reclamações.

2. Escolha um corretor qualificado

Um corretor de seguros é alguém que você confia para lhe dar conselhos e assistência com a proteção do seu negócio, sua propriedade, sua renda e sua equipe. Errado, data de antiético ou conselho poderia lhe custar muito caro, é por isso que é tão importante para lidar com um verdadeiro profissional. Não cometa o erro de assumir que você está lidando com um indivíduo qualificado – pedir a verificação, se você tem dúvidas quanto à capacidade do corretor ou qualificações.

Há um número de corretores de seguros podem deter qualificações, estes geralmente são exibidos em seus cartões de visita porém este não é sempre o caso, por isso é melhor perguntar.

Algumas qualificações comuns e altamente respeitados são explicados abaixo:

ANZIIF s ‘ CIP (Certified Professional Insurance) programa estabelece um padrão de profissionalismo para o setor de seguros e serviços financeiros. PIC são profissionais de seguros que se distinguem por meio de uma qualificação Instituto ou reconhecido equivalente, manter up-to-date habilidades e conhecimentos técnicos através de um programa de desenvolvimento profissional e respeitar o Código de Ética ANZIIF, garantindo melhores padrões de prática profissional e integridade. Sendo um CIP é um símbolo de profissionalismo de seguros.

Corretor de Seguros qualificados que exerçam (QPIB ), é outro sistema rigoroso de acreditação profissional, introduzido pela NIBA em 1992, para assegurar os mais elevados padrões profissionais. Corretores de Seguros que são QPIBs são obrigados a cumprir e manter padrões rigorosos de conhecimentos, habilidades e comportamento para manter a sua acreditação. A acreditação QPIB é uma boa indicação que você está escolhendo um Corretor de Seguros altamente profissional.

Além da CIP acreditações e QPIB alguns corretores podem também realizar um Certificado ou Diploma de serviços financeiros. Cada certificado ou diploma exige a realização de estudos aprofundados em uma área específica, sendo a mais comum corretagem de seguros ou de Seguros Gerais. Qualificações são geralmente apresentados em formato abreviado, por exemplo: Dip FS (de corretagem de seguros) indica um Diploma de Serviços Financeiros em corretagem de seguros.

3. Escolha um corretor de seguros que podem ajudá-lo com conselhos reivindicações

Água começa a jorrar para baixo do teto em seu escritório, a água está indo em todos os lugares – você evacuado todo o pessoal, mas o que você deve fazer agora? Você sabe que tem seguro, mas é este incidente em particular coberto? Você tem que avisar a ninguém ainda? Pode ajudar a seguradora, com instalações de escritórios temporários para que você possa voltar ao trabalho?

O corretor ou corretora de seguros departamento empresa reivindicações deve ser capaz de fornecê-lo com conselhos e obter respostas às suas perguntas. Antes de escolher um corretor que você deve assegurar que os pareceres pedidos está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, caso haja necessidade.

4. Escolha um corretor de seguros com um serviço de processamento de pedidos

A menos que você tem um monte de tempo em suas mãos e gostar de lidar com grandes companhias de seguros é melhor escolher um corretor que vai fazer isso por você. O seu corretor de seguros deve ser capaz de ajudá-lo a completar quaisquer formulários necessários e devem estar dispostos a colaborar com a seguradora em seu nome. Você também pode querer verificar se não há reclamações de processamento taxas cobradas por este serviço, uma empresa de corretagem respeitável deve cuidar do seu pedido do início ao fim sem cobrar-lhe qualquer taxa adicional.

5. Escolha uma empresa de corretagem de seguros com uma ampla gama de serviços para satisfazer todas as suas necessidades profissionais ou pessoais

Se você é um negócio ou um indivíduo que você é obrigado a ter mais de um tipo de produto de seguro ou serviço, para tornar sua vida muito mais fácil de escolher uma empresa que pode atender a todas as suas necessidades, dessa maneira você estabelece um relacionamento onde você pode faça todas suas perguntas no um telefonema e você saberá exatamente que para chamar a qualquer momento você precisar de conselhos de seguro relacionado.

6. Escolha um corretor que pode providenciar financiamento prêmio em seu nome

Você prefere pagar seu seguro em parcelas, ao invés de tudo de uma só vez? Se assim for, você está melhor fora perguntando se o corretor de seguros que você está considerando pode providenciar financiamento de prémios para as suas políticas.

Dicas para aquisição de seguro de Vida na internet


Seguro de vida pode ser comprado online, muitas vezes, preços rock-bottom. Mas antes de entrar todos os seus dados pessoais para uma cotação rápida online, certifique-se de saber o que você está se metendo quando você clicar em “enviar”.

Aqui estão algumas dicas a considerar ao comprar seguro de vida na Internet:

  • Não dar para fora toda sua informação pessoal. A empresa de seguros de vida não precisa do seu número da Segurança Social, e-mail, número de telefone ou endereço para lhe dar uma cotação de seguro de vida. Você deve ser capaz de preencher suas informações pessoais de forma anónima e obter uma cotação instantânea na sua tela sem ter a companhia de e-mail a cotação para você.
  • Faça uma simulação de uma empresa com acesso a muitas companhias de seguros de vida. Se você ficar a apenas uma companhia de seguros, você não terá taxas comparativas .
  • Não caia no truque da propaganda enganosa de idade. Ao preencher as informações para obter sua cotação de seguro de vida , certifique-se que o questionário pede informações de saúde básica, como sua altura, peso, idade, sexo e até mesmo sua recente a pressão sanguínea e as leituras de colesterol para a taxa mais precisas. Caso contrário, você terá uma taxa que pode ser artificialmente baixo.
  • Seja o mais honesto possível Você pode não saber todas as informações quando você preencher o formulário on-line -. Muitas formas têm um “não sei” opção – mas não fudge do seu peso ou “esquecer” a verificar a que você tem um problema cardíaco. Você não vai obter uma leitura precisa sobre o que você provavelmente está indo para pagar o seguro de vida.
  • Verifique a classificação financeira da companhia de seguros que você escolher. Você vai querer se certificar de que a vida seguro de empresa que você escolher é solvente. Há consumidores advogado-sites e sites financeiros-avaliação da empresa, tais como AM Best, onde você pode verificar classificações on-line.

Certifique-se de fazer uma cotação  de compras on-line para a melhor cotação de seguro de vida e não dar a sua informação pessoal, não importa buying viagra o que a companhia de seguros vida online promete.

Bancos Indianos


Um dos pontos fortes da Índia é de suas empresas. Em geral, eles são rentáveis, bem executado e têm balanços saudáveis. Mas o país há muito tempo tem bolsões de endividamento, também. A tradição de “promotores”, como indivíduos ou famílias com participações controladoras são conhecidos, podem levar as empresas a pedir ao invés de diluir as participações dos seus senhores mediante emissão de ações.

Um bando de setor público Walking Dead, da Air India para placas locais de eletricidade, sangrar dinheiro e ainda assim ter acesso a bancos estatais. E um boom de projetos de infraestrutura, de estradas a centrais e aeroportos, está sendo paga com dívida. Alguns desses projetos já estão em apuros por causa da burocracia e uma economia em desaceleração.

Tudo isso a preocupação de combustíveis que a Índia tem um grande problema das dívidas podres do que o nível bastante estável de oficiais dos bancos “não-resultados” empréstimos sugere. Quão grande é incerto, pois muitos empréstimos foram rotulados como “reestruturado”. Isso significa que seus termos foram suavizadas, mas que não são formalmente reconhecidas como de cobrança duvidosa.

Tais empréstimos reestruturados foram de US $ 43 bilhões em março. Isso é apenas 2% do PIB da Índia, e como proporção do total dos empréstimos muito abaixo do nível em anteriores crises da Ásia, ou na Índia no início dos anos 1990, quando empréstimos de cobrança duvidosa atingiram um quarto do total. Também é bem abaixo do rácio de débitos dud que alguns dizem é supuradas em bancos da China. Mas bolsos de podridão pode causar estragos. Escreva-downs por bancos norte-americanos desde 2007 equivale a apenas 5% do seu PIB. Empréstimos reestruturados ainda estão aumentando na Índia (ver gráfico). E o país corre o risco de doença espanhol, em que a evidência da dívida zumbi crescente é demitido alegremente até que seja tarde demais.

Reguladores da Espanha foram complacentes. , Pelo menos, da índia não o são. O Reserve Bank of India (RBI) está em pé de guerra. KC Chakrabarty, um vice-governador, diz: “É uma preocupação. O sistema bancário não entrará em colapso por causa disso amanhã. O sistema não tornou-se instável. Mas se isso continuar por um ou dois anos, vai se tornar instável. “O RBI planeja apertar as regras em matéria de crédito reestruturado novamente, depois de ter afrouxado-los em 2008 para proteger a Índia da crise global e receber um tratamento especial para empréstimos de infra-estrutura, considerada uma prioridade nacional, em 2010.

Em teoria empréstimos reestruturados ainda som, o banco simplesmente facilitou os termos para ajudar o mutuário em dificuldades temporárias. Mas as regras parecem ter sido abusado. Kingfisher Airlines é tão falido que não pode pagar a sua tripulação de cabina, lindo, por exemplo, e Air Índia também é manifestamente em profunda angústia.Ambos parecem ter sido classificado apenas como “reestruturada” devedores por muito tempo (alguns bancos já mordido a bala). Alguns empréstimos foram reestruturados mais de uma vez. Após a reestruturação, os bancos são destinadas a reconhecer qualquer queda em valor presente líquido em seus livros, mas as perdas que admitem são minúsculos.

Há uma outra torção. A Índia tem excelentes bancos privados, mas controlados pelo Estado que os bancos continuam responsáveis ​​por três quartos de todos os empréstimos. Estimativas do The Economist sugere que 93% dos empréstimos reestruturados sentar com os credores públicos. Eles tendem a ser em pior forma do que seus rivais privados, com baixos níveis de capital, menor a rentabilidade (o que significa que gerar menos capital novo), maiores oficialmente reconhecidas dívidas incobráveis ​​e provisões menores detidos contra as dívidas incobráveis.

Entre bancos públicos a carga é carregada sobre os credores menores. State Bank of India, de longe o maior equipamento do estado, tem um relativamente limpa balanço.Excluí-lo do acerto de contas, e 80% dos empréstimos reestruturados sentar com os bancos estaduais que têm apenas 50% do capital do sistema bancário indiano Tier-1.

Tome Punjab National Bank. Tem muita energia e empréstimos de companhias aéreas. Os empréstimos acumulados reestruturados são de 8% do total e são mais ou menos igual ao seu capital. Como muitos pequenos bancos estaduais, suas ações são negociadas abaixo de seu valor contábil, indicando perigo.

A inclinação significa um problema que é moderado em termos absolutos ainda poderia espancar grandes partes do sistema. Se você assumir metade dos empréstimos reestruturados são baixadas, por exemplo, mais de um quarto do sistema bancário por empréstimos estaria em apuros, com o Tier-1 de capital empurrou abaixo de 6%, de acordo com estimativas da Economist ‘s.

Trabalhar para fora o quanto os bancos poderiam perder é obviamente vital. Muitas coisas olhar perturbador. Quase todos os empréstimos são para grandes empresas, presumivelmente com influência política, aumentando a probabilidade de paciência.Oficiais dívidas incobráveis, até agora reconhecidos pela propriedade e do crédito de infra-estrutura são inacreditavelmente baixo. A revelação pode ser irregular.

Mas os banqueiros dizem que a regra de ouro é que apenas cerca de 15% dos empréstimos reestruturados eventualmente tornar-se dívidas de cobrança duvidosa (e até mesmo elas não precisam ser totalmente amortizado). Um artigo recente RBI assumiu um pior caso de 30%, caso em que uma fração muito menor do sistema bancário abaixo de um décimo estaria em apuros. Empréstimos de infra-estrutura, provavelmente, representam metade dos empréstimos reestruturados. Sr. Chakrabarty vê “muito pouca possibilidade de que eles vão se tornar inadimplente … O país tem demanda por infra-estrutura”. Mas ele dá um aviso de “alguns cortes de cabelo e alguns atrasos”.

Assim é o sistema bancário da Índia em apuros? Parece provável que uma grande parte do crédito reestruturado vai azedar. Os danos serão sentidas pelos bancos estatais, sobretudo os mais pequenos. Eles vão lutar para levantar mais capital porque o governo está sem dinheiro e relutantes em pagar por mais equidade, mas ao mesmo tempo dispostos a diluir suas participações nos bancos.

No entanto, não haverá explosão. Bancos indianos contam com depósitos, e não volúveis mercados grossistas, para financiar-se. Isso vai comprar-lhes tempo. E um revestimento de prata é que bem administradas da Índia bancos privados devem ter mais participação no mercado. Ainda assim, o custo viagra dos problemas do setor público dos bancos vai ser sentida pelos mutuários responsáveis, que pode enfrentar de crédito escasso e caro. E que vai desacelerar a economia, que deve tentar acelerar com um sistema bancário controlado pelo Estado flácida apego aos seus tornozelos.

ANALYTICS_CODE