Busca:

Classificação dos Seguros no Brasil


Seguros automóveis, incêndio, vida etc. por serem bastante conhecidos facilitam o entendimento do conceito que rege cada um deles. Está na hora de olhar mais atentamente para o conjunto do mercado e saber sobre a disponibilidade de outros mecanismos de proteção contra riscos.

Existem no Brasil, classificados oficialmente, 89 ramos de seguros que apresentam grande variedade de detalhamento. Por exemplo, o seguro de responsabilidade civil tem 8 ramos diferentes, os seguros ligados à agricultura contam com 13 ramos distintos, etc.

Por essa razão, utiliza-se frequentemente um nível mais agregado de análise derivado da Circular 295, de 2005, da Superintendência de Seguros Privados (Susep), autarquia fiscalizadora e reguladora do setor, que trabalha com 12 grupos. A eles deve-se acrescentar o 13° grupo agregado relativo aos seguros de saúde, que são regulados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar.

A tabela abaixo resume esses níveis.

Patrimonial

Seguros contra incêndios e roubos de imóveis bem como seguros compreensivos residenciais e empresarias, lucros cessantes, riscos de engenharia etc.

Riscos Especiais

Seguros contra risco de petróleo, nucleares e satélites.

Saude

Seguros de Saúde

Responsabilidades

Reembolsa indenizações por danos materiais ou lesões corporais a terceiros por culpa involuntária do segurado

Cascos

Seguro contra riscos marítimos, aeronáuticos de responsabilidade civil hangar e seguro obrigatório de danos pessoais causados por embarcações e suas descargas (DPEM).

Automóvel

Seguros contra roubos e acidentes de carros, de responsabilidade civil contra terceiros e DPVAT.

Transporte

Seguros de transporte nacional e internacional e de responsabilidade civil de cargas, do transporte e do operador.

Riscos financeiros

Seguros diversos de garantia de contratos e de fiança locatícia

Credito

Seguros de credito a exportação e contra riscos comerciais de devedores e políticos

Pessoas

Seguros de vida e acidentes pessoais, planos de previdência privada prestamista e educacional VGBL/VAGP/VRGP

Habitacional

Seguros contra riscos de morte e de invalidez permanente (MIP) e de danos físicos ao imóvel (DFI) financiado

Rural

Seguros agrícola, pecuário de florestas e penhor rural.

Outros

Riscos de seguros no exterior e de sucursal de seguradoras no exterior

Existe ainda um nível maior de agregação que divide o mercado em seguros de vida, seguros de saúde e seguros elementares.

Os seguros de vida incluem as apólices contra risco de morte e acidentes pessoais bem como os planos de previdência privada aberta. Já os seguros elementares são os que têm por finalidade a garantia de perdas, danos ou responsabilidades sobre objetos ou pessoas, excluída desta classificação os seguros do ramo vida.

No Brasil, o Decreto 60.589, de 23 de outubro de 1967 classificou separadamente o seguro saúde, mas, no exterior, costuma-se incluí-lo com os seguros elementares, formando o chamado ramo “não vida”.

Fontes: SUSEP / Escola Nacional de Seguros

Post Relacionados

1 Comentário

RSS de comentários.

  1. […] tudo é mais fácil no mundo, e o mercado de seguros não é exceção. Por isso mesmo, para evitar dissabores no futuro, você deve saber que a compra […]

    Pingback por Comprar seguro é simples ou não? — 13 de Março de 2011 #

Comentários encerrados

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil